Viagem ao centro da Terra

Recordo-o de ter lido em criança, numa edição comprada num alfarrabista. Ao manusea-lo parecia ser ainda mais real o que li porque as folhas já amarelecidas e a fragrância do tempo enquadravam toda aquela ficção de Júlio Verne. Axel, um rapaz que participa do percurso ao centro da Terra, realizado graças a um manuscrito decifrado pelo próprio, é o mote para as aventuras que se seguiam. Também muitos jovens e adultos com Perturbação do Espectro do Autismo (PEA) já leram Júlio Verne e também já procuraram e continuam ainda a fazer a sua viagem ao centro da Terra. E quase sempre com o manuscrito decifrado por si próprio. Enquanto alguns ainda assim vão tendo companhia nesta tão grande e importante aventura - a entrada no mercado de trabalho. Parece um tema já ultrapassado e que não tem nenhum truque a desvendar. Tal como este desenho de street art feito no chão e que leva a que muitos ciclistas continuem a atravessar por cima da tábua desenhada. Quando uma pessoa autista procura um trabalho ou emprego as dificuldades são inúmeras. Nomeadamente, onde é que podem procurar a informação e com quem! Assim, como muitas empresas que continuam sem ter conhecimento das boas práticas de algumas das gigantes tecnológicas que ainda vão fazendo contratações de pessoas com Perturbação do Espectro do Autismo.



13 visualizações

Informação útil:

©2018 by Autismo no Adulto. Proudly created with Wix.com