top of page

Cão azul

Spoiler alert: não irei fazer publicidade à conhecida marca de t-shirts cão azul ou revelar um novo livro na continuidade do The curious incident of the dog in the night-time. E muitos menos irei dizer que a Lua azul de ontem tingiu o canídeo.


Posto isto, alguns de vocês começam a perguntar-se, mas afinal do que é que vamos falar agora?


Já se ouviu falar de muitas coisas no autismo e sobre o autismo. E nem tudo corresponde a informação validada cientificamente. E se muitos pensavam que a questão das vacinas a causar autismo já tinha desaparecido engana-se. E a situação voltou a aparecer com um caracter ainda mais insólito.


Num estudo publicado na revista Vaccine com cerca de 2200 participantes, em que quase 1000 são donos de cães. E destes cerca de 56% refere que não quer vacinar o seu cão inclusive contra a raiva. E 37% acredita que a vacinação poderá causar problemas cognitivos nos cães, nomeadamente autismo canino.


Estas e outras realidades precisam de continuar a ser combatidas com informação cientificamente válida e validada. E além disso é importante que qualquer um de nós possa ser um agente de mudança e quando confrontado com informação considerada falsa possa ter algo a dizer no sentido de a corrigir. Hoje, mais do que nunca, as plataformas como veículos de informação são cada vez mais e menos supervisionadas. Nomeadamente, as redes sociais, que têm sido usadas para falar do autismo e de outras condições para alertar as pessoas acerca das suas características. Também têm sido as mesmas que têm trazido informação falsa ou mais vaga e que pela dimensão do seu alcance é preciso pensar em como regulamentar estas e outras situações.


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page