16 de janeiro é "ladies night"

"Mas ouvi dizer que o autismo é uma coisa de rapazes!", "Não conheço raparigas autistas!", "Li um artigo na internet que dizia que a percentagem é muito maior nos rapazes, 4 para cada 1 rapariga!". Por todas e mais algumas razões, as meninas, adolescentes e mulheres continuam a ser subdiagnosticadas ou mal diagnosticadas nesta área da Perturbação do Espectro do Autismo (PEA). Por todas e outras razões as mulheres no espectro do autismo continuam a ter maior probabilidade de desenvolverem outras perturbações psiquiátricas associadas. Por todas e outras razões as meninas, adolescentes e mulheres no espectro do autismo continuam a ter níveis de sofrimento psicológico significativos.  


0 visualização

Informação útil:

©2018 by Autismo no Adulto. Proudly created with Wix.com